https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
MARCELO JORGE - BANNER SEGURANÇA-728X90PX.png
CARD GRANJA ALMEIDA MAI2022.png

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

Após entrada de BOLSONARO, PL deve sair da ‘janela partidária’ como a maior bancada no Congresso

Com 65* deputados federais e já tendo ultrapassado o PT e o recém formado União Brasil, o Partido Liberal tornou-se um verdadeiro ‘trator’ para as eleições 2022

*(ATUALIZAÇÃO: esta reportagem e a tabela abaixo estão sendo atualizadas diariamente durante o período da janela partidária, que se encerra em 1º de abril.)

Com a recente filiação dos deputados federais pelo Mato Grosso, José Medeiros e Nelson Barbudo ao Partido Liberal (PL) a legenda ganhou ainda mais peso, tornando-a a maior na Câmara dos Deputados.

Com esses novos 'embarques', o partido agora possui 65 parlamentares.

Desde 1º de março, quando se abriu a janela partidária, 26 deputados se filiaram ao PL, enquanto apenas 6 saíram da sigla. Na Câmara dos Deputados, depois do PL, a segunda maior bancada é o Partido dos Trabalhadores – PT que conta com 54 parlamentares. Em terceiro lugar agora está o União Brasil, nova legenda formada a partir da fusão do DEM com o PSL que conta com 52 deputados.

Com essas novas mudanças, o Partido Liberal, ao qual o presidente Jair Bolsonaro aderiu em 30 de novembro do ano passado e pelo qual disputará a reeleição, está a duas vagas de se tornar o maior partido da Câmara dos deputados.

A maioria dos novos integrantes do PL vem do PSL, e integra o grupo que rejeitou a fusão entre o partido e o DEM, dando origem ao União Brasil.

Em Pernambuco, o único deputado do PL exercendo mandato é Fernando Rodolfo, que ingressou na legenda ainda em 2019, que vem sendo apontado no estado como favorito para reeleição em outubro próximo.
0 comentário