top of page

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

Banner_site_novos_planos.png
GVP-0040-24_INFORMES-REGULARES-JUNHO_RMR_728X90.gif
Cabeçalho Blog Marcelo Jorge Okay.jpg

Câmara de Garanhuns desqualifica parecer técnico do TCE-PE e rejeita contas do ex-prefeito Izaías

“Eu tenho a força do povo!” Nas mídias sociais Izaías Régis falou sobre a rejeição de contas na Câmara de Garanhuns cuja maioria 'Sivaldista' e reprisando votação anterior, tenta levar o atual deputado favorito para a disputa à prefeitura em 2024, à inelegibilidade

"Eles querem me tirar da vida pública por medo, simplesmente medo!" (Izaías Régis)


Após uma semana no qual a pauta política de Garanhuns e da ALEPE foi a votação das contas de Izaías Régis (PSDB), ex-prefeito de Garanhuns por duas vezes, atualmente cumprindo pela quarta vez o cargo de deputado estadual e liderando o Governo Raquel Lyra na Assembleia, o desfecho foi o esperado, em razão da maioria dos parlamentares municipais serem base governista, aliados do prefeito e mais que adversário, hoje visceral inimigo político de Régis, Sivaldo Albino (PSB).

O detalhe é que apesar do órgão competente para analisar com tecnicidade contas públicas, o Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) ter, após se debruçar sobre as contas do ex-prefeito, as APROVADO com ressalvas - o que mostra que apesar de ocorrerem algumas inconsistências nas contas do ex-gestor, não houve danos aos cofres públicos - os vereadores, alguns que inclusive já apoiaram e foram apoiados por Izaias, semelhantemente conduzidos pela influência do atual prefeito de Garanhuns, tomaram a decisão de serem contrários ao parecer técnico do TCE .

Segundo aliados do ex-prefeito tucano, a decisão da Câmara foi política para tornar o tucano inelegível, já que Izaias é atualmente o mais forte dos candidatos e que pode seguramente impedir o projeto de reeleição de Sivaldo, no ano que vem, 2024.

Nas suas mídias sociais, apesar de revelar 'não ter tido um dia feliz', Izaías demonstrou otimismo, falou que teve as oito contas referentes aos seus mandatos aprovadas pelo Tribunal e que o ato dos vereadores sivaldistas foi irresponsável. Ele ainda agradeceu o apoio dos colegas deputados que demonstraram apoio na ALEPE, aos 04 vereadores que votaram a favor do relatório do TCE-PE e a população de Garanhuns que o elegeu. Zazá fez questão de reafirmar sua pretensão em voltar a governar Garanhuns a partir de 2025 e complementou "Só Deus pode me tirar da vida pública!"

(Veja vídeo abaixo)

A votação na manhã desta quarta-feira na Casa Raimundo de Moraes teve o placar previsto: 13 votos à favor da rejeição das contas do ex-gestor e 04 votos pela relatoria do TCE-PE.

0 comentário

Comentários


bottom of page