https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
CARD GRANJA ALMEIDA MAI2022.png
DUO_BANNER HORIZONTAL.jpg

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

Com turismo ‘decolando’ no país, pré-candidatura de Gilson Neto em Pernambuco começa a alçar voo

Um dos mais ativos Ministros do Governo Bolsonaro, o “sanfoneiro do presidente” começa a surgir como o nome conservador na disputa pelo Governo de Pernambuco.

*Por Marcelo Jorge

É notória para os brasileiros a “decolagem” do Turismo no país mesmo dentro de um grave período de crise pandêmica, bem como é inegável que este crescimento tem a mão do titular da pasta, o pernambucano Gilson Machado Neto.

E quem imaginaria que essa proeza após o ostracismo vivenciado pelo Brasil no setor turístico, com as sucessivas perdas de espaço e oportunidades de negócios no pais e fora dele em governos anteriores, sairia exatamente das ideias bem sucedidas de um veterinário, mas com 30 anos de experiência no setor turístico como hotelaria, música e produção de eventos?

Inicialmente assumindo o protagonismo da campanha de Bolsonaro no Nordeste em 2018 e especificamente em Pernambuco, entre outros ao lado do jornalista Silvio Nascimento e do produtor de eventos Edu Cabral - ambos hoje também integrando cargos de destaque em Brasília -, Gilson participou após a vitória do Presidente da equipe de transição, como Coordenador do Grupo Temático do Turismo e já no Governo iniciou suas atividades como Secretário Nacional de Ecoturismo do Ministério do Meio Ambiente (MMA).

Mas foi após sua passagem pela EmbraturAgência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo – que a sua visibilidade e eficiência no serviço público destacou o país no setor turístico, inclusive com reconhecimento e premiações internacionais.

Em várias entrevistas concedidas ao programa BrasilNordeste, por telefone ou presencialmente, à exemplo de um evento turístico em Porto de Galinhas - PE ou no seu gabinete em Brasília – um dos poucos lugares no Brasil onde é quase impossível encontrar o gestor, em razão dos inúmeros e constantes deslocamentos à serviço Gilson Neto se empolga quando fala da sua missão na gestão da pasta e das oportunidades que o setor oportuniza. Segundo ele, o turismo de natureza é o diferencial do Brasil. Também é um combatente pela redução no preço das passagens aéreas, para democratizar o acesso de toda a população aos voos e incrementar o setor.


EU CONHEÇO CADA PALMO DESSE CHÃO


Seja em Foz do Iguaçu, em agenda na Itaipu Binacional ou visitando o Santuário de Nossa Senhora da Saúde, uma referência para o turismo religioso em Tacaratu, no sertão pernambucano; Ou na Itália, participando da Conferência dos Ministros da Cultura dos Países do G20 e na sequencia inaugurando a Orla de Santarém, o nordestino Gilson Neto não deixa perguntas de interlocutores sem respostas objetivas, mesmo quando as perguntas são capciosas, como em uma entrevista recente na TV Brasil na qual ao ser alfinetado por uma jornalista da bancada como sendo “Um dos Ministros que mais viaja” respondeu ‘na lata’: Não sou dos que mais viajam, sou dos que mais trabalham. Viajar é uma coisa, trabalhar é outra”.

À frente do Ministério do Turismo, Gilson Neto vem conseguindo números animadores para o país, como o recente anúncio do avanço no índice de atividades turísticas de 11,9% em Junho, registrando a segunda taxa positiva consecutiva em 2021.

VOANDO MAIS ALTO EM PERNAMBUCO

Com o notório crescimento dos apoiadores do conservadorismo no Nordeste e mais especificamente em Pernambuco, estado natal do ex-presidente e ex-presidiário da Lava Jato, Luiz Inácio da Silva aonde o PT ja reinou absoluto, o nome de Gilson Machado Neto saiu das páginas de Cultura e Entretenimento dos jornais locais, como era comum quando dedicava tempo para realizar shows à frente da sua Banda Brucelose, mas passou a figurar com ênfase nos blogs e publicações políticas.

Em meio a alguns nomes oposicionistas ao Governador socialista Paulo Câmara, e que buscam chegar a cadeira principal do Palácio do Campos das Princesas, Gilson vem liderando muitas enquetes produzidas por jornalistas e blogueiros políticos do Estado, estatísticas que se não tem o mesmo peso de pesquisas eleitorais, são bons termômetros e indicadores de preferência popular do eleitor pernambucano, o que o credencia também a receber o apoio do próprio Presidente Bolsonaro.

E assim, pelo andar do carro de boi, talvez o Hino de Pernambuco passe a ser tocado na sanfona após as eleições de 2022... Quem sabe se assim, ao som de uma ’Asa Branca’, o Estado não decola?

0 comentário