https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
MARCELO JORGE - BANNER SEGURANÇA-728X90PX.png
CARD GRANJA ALMEIDA MAI2022.png

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

DESTAQUE: Estudante MARIANA PAIS (13 anos) é premiada em Concurso promovido por Governo de Garanhuns

Com forte traço de personalidade, a estudante que sempre se destacou pelo conteúdo dos seus textos, também carrega muito talento para as artes, produzindo desenhos.

Em uma cerimônia realizada no auditório da Comissão de Desenvolvimento do Agreste Meridional – CODEAM, a jovem estudante Mariana Rodrigues Pais, de 13 anos, foi uma das premiadas no “Concurso de Produção Textual”, realizado pela Secretaria de Educação de Garanhuns, no último mês de Outubro. O certame foi criado pela Secretaria Municipal de Educação e compôs a programação da Semana Municipal de Ciência e Tecnologia. Além de Mariana, que foi premiada com um celular como vice-campeã do Concurso, todos os participantes receberam certificação.

Para participação, foi exigida dos candidatos a elaboração de um texto que contivesse a pauta “A transversalidade da Ciência, da Tecnologia e a Inovação para o Planeta: Desafios e possibilidades em período Pandêmico”. Segundo matéria nas mídias sociais da Secretaria, foram elencadas categorias divididas por gênero, como Conto, Relato Pessoal e Dissertação-argumentativa.

No auditório da CODEAM, nesta quarta-feira (03), a premiação foi efetivada com a presença dos três primeiros colocados em cada categoria, além de parentes dos mesmos.

MARIANA RODRIGUES PAIS, VICE CAMPEÃ

A Mãe, Ana Lúcia, Ricardo (Dir.Inst. Presbiteriano), Mariana Pais e Cayo Albino, Secretário Geral da CODEAM

Mariana Pais, a vice-campeã, é filha de Ana Lúcia Rodrigues, atual Coordenadora Regional da Secretaria da Mulher de Pernambuco e do administrador Maurício Pais.

A jovem, que é estudante do 8o ano da Escola Municipal Instituto Presbiteriano de Heliópolis, também é membro da Quarta Igreja Presbiteriana de Garanhuns, recebeu um aparelho celular com a produção da dissertação argumentativa e se disse muito feliz com a participação:

“Foi uma oportunidade que tivemos de estruturar um trabalho importante e mostrar também para nossa comunidade que a juventude está preocupada com a sustentabilidade do nosso mundo. Agradeço a Deus pela chance que me deu, aos meus pais pelo apoio e investimentos em meus estudos e ao município de Garanhuns pelo reconhecimento aos nossos esforços.”

Há duas semanas, os participantes, todos estudantes da rede pública municipal, realizaram uma apresentação ao público, dos trabalhos desenvolvidos em sala de aula, no Parque Euclides Dourado sob o tem “Terra Nosso Ninho”. Na mostra, eles puderam destacar a importância dos avanços tecnológicos e também sua preocupação com a sustentabilidade.


(Fotos: Thomas Ravelly - Codeam)

0 comentário