https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
CARD GRANJA ALMEIDA MAI2022.png
DUO_BANNER HORIZONTAL.jpg

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

Durante encontro em Sanharó, empresário RILDO FERRAZ manifesta apoio a DÉBORA ALMEIDA

Um dos maiores geradores de emprego para Belo Jardim e região, Rildo fez questão de colocar-se à disposição do projeto de pré-candidatura da tucana à deputada
O empresário Rildo Ferraz fez questão de posicionar-se pró Débora Almeida (Foto: Nayara Acioli)

Durante a visita da Procuradora Federal, ex-prefeita de São Bento do Una e pré-candidata a deputada estadual Débora Almeida (PSDB), ao município de Sanharó no agreste, neste sábado (14), diversas manifestações de apoio foram anotadas, partindo de lideranças locais. Dentre estas, ficou evidente o forte apoio do empresário belojardinense Rildo Ferraz, um dos mais populares e importantes empreendedores do estado, responsável por boa parte da industrialização de produtos avícolas na região nordeste.

Rildo preside o Grupo Ferraz, compostos pelas empresas Ferraz Avícola e Frango Favorito.

O encontro em Sanharó foi prestigiado por diversas lideranças locais e regionais
Renato de Dema, Presidente do Sindicato e o Ex-prefeito Heraldo Oliveira também estão com Débora

A agenda em Sanharó, conhecida como a 'Cidade do Queijo e do leite' também contou com a presença do ex-prefeito daquele município, Heraldo Oliveira (ao centro, na foto ao lado), e o Presidente do Sindicato Renato de Dema (de óculos na foto), também marcharão ao lado de Débora


O empresário Rildo Ferraz inclusive fez questão de gravar um vídeo-testemunhal para a TV Diário de São Bento do Una, falando para o comunicador Motinha.

No vídeo, (veja abaixo) Ferraz falou sobre as dificuldades dos produtores no interior e enalteceu a possibilidade de ter em Débora na Assembleia Legislativa, uma representação séria e conhecedora dos principais problemas da categoria, por ser a mesma também de origem agrícola, avícola e industrial.

Fotos: Nayara Acioli/ Renata Galvão

0 comentário