https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
MARCELO JORGE - BANNER SEGURANÇA-728X90PX.png
CARD GRANJA ALMEIDA MAI2022.png

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

ELEIÇÕES 2022: Nome de DÉBORA ALMEIDA para Deputada vem crescendo nas bolsas de apostas na região

A ex-prefeita de São Bento do Una e Procuradora Federal vem aos poucos ampliando espaços em vários setores do agreste, podendo garantir nas urnas este ano, uma vaga na próxima legislatura na ALEPE.
UNIDAS POR PERNAMBUCO: Débora deve filiar-se mesmo ao PSDB de Raquel. (Foto: Renata Honório)

Desde que encerrou seu bem sucedido mandato como prefeita de São Bento do Una, capital da produção avícola no nordeste, deixando o município com imagem e saldo positivos junto à opinião pública, Débora Almeida (sem partido) vem sendo uma das protagonistas no movimento ‘Levanta Pernambuco’, ao lado do ex-prefeito de Garanhuns Izaías Régis (PSDB) , Zaqueu Naum Lins (PL) e do ex-prefeito de Lajedo Delegado Rossine (PSD) no time de frente que acompanha a prefeita de Caruaru e Presidente estadual do PSDB, Raquel Lyra e seu colega, gestor de Jaboatão e presidente do PL, Anderson Ferreira.

Nos eventos, que vem ocorrendo em diversas regiões do estado, Débora faz com frequência uso da palavra, quando expõe sua experiência em gestão e se fortalece como uma das mentes produtivas do grupo oposicionista que marcha em direção ao Palácio, na tentativa de ocupar através do voto o governo do estado.

Pesquisas internas para tomadas de rumos nesse primeiro momento da pré-campanha, apontam a ex gestora sãobentense como um forte nome para integrar uma das 49 cadeiras da ALEPE, a partir de 2023. Segundo esses numeros, ela já largaria com boa votação em sua terra.

Débora é pré-candidata a Deputada Estadual e possivelmente deverá mesmo se filiar ao PSDB, legenda que esta semana concluiu sua federação com o Cidadania. A ex-prefeita esteve recentemente em Calçado (foto) onde vem conversando com Carlos Cabeludo (PSD), buscando alinhar metas de ambos os grupos nas próximas disputas.

Cabeludo, que teve boa votação em 2020, deve mais uma vez disputar a prefeitura de Calçado em 2024.

Segundo Raquel, os discursos da campanha das siglas oposicionistas em Pernambuco visam discutir o Estado, sem focar com maior ênfase a disputa presidencial, valendo portanto os apoios e alianças estaduais em contraposição aos acordos partidários em nível federal.

3 comentários