https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
MARCELO JORGE - BANNER SEGURANÇA-728X90PX.png
CARD GRANJA ALMEIDA MAI2022.png

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

ELEIÇÕES 2022: O IMPORTANTE PAPEL DE VEREADORES E PREFEITOS NA PRÓXIMA DISPUTA ELEITORAL

A polarização política em nível nacional não deve ser empecilho para acordos e federações em nível municipal e estadual. Antes de serem consideradas ‘incoerentes’, apoios e alianças serão determinantes para a viabilidade dos projetos eleitorais

*Por Marcelo Jorge

Apesar dos temores que tem a ‘esquerda, direita e centro’ perderem ou confundirem suas posições ideológicas, como Consultor Político tenho a obrigação profissional e ética de abrir esse editorial declarando que ‘o novo normal’, tão propalado nesses tempos de pandemia, deve valer também para a atividade política.

A extinção das coligações, elemento que permitia aos partidos unirem forças para alcançar objetivos eleitorais comuns, não são mais permitidas desde a eleição anterior pela legislação eleitoral brasileira. Além disso, o grande número de legendas permitidas no país - cerca de 33 partidos e algumas fusões encaminhadas - forçaram os candidatos a buscarem caminhos paralelos para que os políticos possam continuar alinhando seus projetos, buscando novos aliados e parceiros. Por isso será tão comum nas eleições deste ano que pré-candidatos e na sequência candidatos de partidos cujas ideologias são opostas em nível nacional marcharem juntos.


INFLUÊNCIA DOS PREFEITOS E VEREADORES

Os prefeitos terão o papel de condutores do processo eleitoral nos municípios que governam. A boa avaliação dos munícipes em relação a estas administrações pode e deve influenciar nas campanhas que elegerão Governadores, deputados estaduais e federais e senadores e proporcionais. A influência da atuação de prefeitos enquanto cabos eleitorais é, historicamente, ao menos no Brasil, maior em eleições proporcionais do que nas majoritárias. Isto comprova que prefeitos bem avaliados têm de alguma maneira um capital político para influenciar os eleitores em menor ou maior grau.

O detalhe é que em eleições majoritárias como as para a Presidência e Governo, os eleitores estabelecem uma conexão direta com os candidatos por meio de TV e internet, ou seja, sem a mediação de cabos eleitorais

Já os vereadores, como os políticos mais próximos da população, serão avalizadores dos candidatos as assembleias e Congresso. Como legisladores, senadores, deputados estaduais ou federais e vereadores, encontram na semelhança do cargo um discurso que chega de forma muito objetiva o eleitor. Este, por sua vez, enxerga no seu vereador um canal seguro para chegar aos deputados e resolver demandas sociais que careçam de intervenção do Estado.


0 comentário