https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
CARD GRANJA ALMEIDA OUT2022.png
DUO_BANNER HORIZONTAL.jpg

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

Banner Quinze ate 31Out.jpg
Banner_site_novos_planos.png

Eleito para Pernambuco com maior representatividade em Garanhuns, IZAÍAS RÉGIS sai gigante das urnas

Atualizado: 31 de out.

Ex-prefeito duas vezes e ex-deputado em três legislaturas, o menino que saiu de Terezinha, pequeno município do agreste, mas com sonhos de vitória, não nasceu mesmo para ser pequeno em gestos ou atitudes
*Marcelo Jorge

Sua história, reproduzida em muitas partes do nordeste por milhares de nordestinos, poderia ter uma sina modesta, anônima ou mesmo estar enredada à legião de desafortunados que não aproveitam as oportunidades que a vida apresentou, mas colocam sempre a culpa dos seus infortúnios nos outros ou no destino.

Mas Izaías Régis foi à luta!

Com muitos irmãos para cuidar, porém recheado de ensinamentos dos seus pais e da própria vida, o jovem idealista saiu de Terezinha aos 12 anos de idade e conseguiu superar suas dificuldades sempre com bom humor e muito esforço próprio. Na cidade, vendeu confeitos - quando trabalho infantil era orgulho e não crime - , miudezas e calçados.


INFÂNCIA POBRE: O CINE JARDIM EM GARANHUNS

Meu saudoso pai, Manuel Paes, que na sua batalha de vida sustentou nossa casa e família trabalhando nas bilheterias e portaria do ‘Cine Teatro Jardim’ (prédio cinza ao fundo na foto, atualmente 'Casas Bahia', viabilizada pelo então prefeito Izaías), mais famoso cinema de Garanhuns nas décadas de 1960, 1970 e início dos anos 1980, sempre narrava as peripécias de Izaías adolescente e estudante do Colégio Diocesano, revelando repetidos fatos pitorescos ocorridos na época, quando sem dinheiro, condição típica dos demais educandos inclusive contemporâneos, o jovem pedia para, sem ingresso, assistir a alguma sessão. Meu pai contava que, comovido, fazia ‘vista grossa’ e acenava para o jovem Zazá entrar. No cinema, o lazer do menino estava garantido e que era melhor: tudo ‘0800’. Izaías sempre lembrou esse fato para mim e meus irmãos. Anos depois, já aposentado, meu velho pai teve a permissão do já empresário Izaías para instalar seu modesto fiteiro na porta da sua loja, Iza Calçados, em plena avenida Santo Antônio, de onde meu genitor só saiu para cumprir a sua última viagem.


IZAÍAS NA POLÍTICA

Os anos se passaram e Izaías Régis com seu talento para o trato com pessoas progrediu nas vendas nas lojas do comércio local, até montar sua própria empresa. Tendo a vaidade como uma das qualidades, sempre se destacou pelo bom gosto e seu jeito folclórico do ‘auto elogio’, mas sem nenhum traço de arrogância ou prepotência.

Quem convive com ele sabe que é assim!

Na sequência, após uma breve passagem pelas presidências de dois clubes de serviços de Garanhuns, CDL e ACIG, Izaías Régis embarcou definitivamente na vida pública, principiando igual há muitos, com uma derrota na disputa para o cargo de vereador.

Em 2002 no entanto, a partir das mãos do seu 'pai político' Armando Monteiro Neto, foi eleito para deputado estadual. Reeleito nos dois pleitos seguintes, (2006 e 2010), sendo esta última legislatura interrompida para assunção do cargo de prefeito de Garanhuns, cumprido em dois mandatos consecutivos: de 2013 a 2016 e 2017 a 2020.

Como deputado, notabilizou-se no fortalecimento e desenvolvimento econômico do Agreste Meridional. Ganhou destaque como parlamentar ao conquistar a instalação do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - SENAI e Campus Garanhuns da Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE. Além disso, em Garanhuns, foi idealizador do Festival de Música e Arte, Oktoberfest, Moto Fest, Festival da Jovem Guarda, entre outros. Um detalhe importante é que em 2012, no primeiro mandato como prefeito, Izaías obteve 34.499 votos, consolidando a maior vitória percentual na história do município. Nos anos posteriores fortaleceu a economia local com atração de dezenas de grandes empresas para o município, idealizou e empreendeu os eventos 'A Magia do Natal', e 'Viva Dominguinhos', ambos de grande expressão artística e fomento da economia.

Já em 2021, após hipoteticamente encerrar carreira na vida pública, foi desafiado a mais uma eleição, desta vez numa campanha com poucos recursos, tentativas de sabotagem e perseguição política.

Mas isso não o intimidou: Ao lado do ex-vereador e amigo Zaqueu Naum Lins, dezenas de aliados, amigos, familiares e uma militância reduzida mas fiel, Izaías Régis usou nas ruas o discurso direto e crítico, porém necessário e verdadeiro, para desnudar seus adversários. Venceu os percalços jurídicos e viu todas as portas – e urnas - de Garanhuns serem reabertas, sob o brado popular "Volta Zazá!”

Comparado ao tamanho que entrou na disputa, levando-se em conta todos os obstáculos postos em seu caminho e até mesmo independentemente da votação, já que com 27 ou 100 mil votos, os deputados quando eleitos tem o mesmo peso na ALEPE, Izaías Régis saiu gigante das urnas e permanece imbatível na escolha popular.

Para fortalecer esse conceito do novo Izaías - ou Zazá - maduro e consciente da sua ainda maior responsabilidade com a cidade que lhe assegurou mais uma vitória, nas suas primeiras entrevistas após as eleições e num gesto de grandeza, já colocou o gabinete que ocupará na ALEPE à disposição do Governo Municipal, com o objetivo de suprir o município nas suas demandas futuras.
E para os que pensam que a história acabou por aí, podem estar enganados: O deputado Estadual tucano eleito é hoje um dos nomes mais cotados para assumir a presidência da Assembleia Legislativa de Pernambuco, cargo que ocupou em outra legislatura, por um breve período.

Adversários tremam: O soberano povo do agreste avIZA que ele voltou! Deus abençõe a tetra Legislatura de Izaías Régis!


*Marcelo Jorge – Jornalista DRT - 7082/PE e Radialista: DRT - 2612/PE



0 comentário