https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
CARD GRANJA ALMEIDA MAI2022.png

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

Em Calçado, Débora Almeida é taxativa “Se não reduzirmos a evasão escolar um dia a conta vai chegar"

Na entrevista concedida a Rádio Jovem K, a ex-prefeita de São Bento do Una falou sobre várias demandas da sociedade e enfatizou a educação e o agro como bandeiras
Débora Almeida e o aliado local, Carlos Cabeludo, estiveram nos estúdios da Jovem K (Foto:Jr.Sousa/Nayara Acioli

Acompanhada do ex-candidato a prefeito de Calçado empresário Carlos Cabeludo, a pré-candidata a deputada Débora Almeida (PSDB) esteve no início da tarde desta sexta-feira (24/6) na Rádio Jovem K, instalada no município de Calçado.

  • Falando para a audiência do radialista Flávio Lima, Débora detalhou sua vida pública e as marcas deixadas durante sua gestão em dois mandatos em São Bento.

Quando prefeita, Débora criou entre outras, uma situação muito positiva para a educação naquele município: a redução da evasão escolar. Os investimentos inclusive premiaram sua gestão, em nível nacional, sendo posteriormente replicado em vários outros municípios.

Segundo a tucana, "Educação sempre foi uma prioridade no meu planejamento. Mas a população tem que ter a consciência e o conhecimento de que os papéis dos governos do estado, dos municípios e de um deputado, são bem distintas, bem diferentes. O que estiver ao meu alcance como parlamentar, tenham certeza que farei!"

Ela ainda lamentou a questão da saúde ofertado pelo estado, em relação a ausência de especialidades nas UPAs e o sucateamento dos hospitais pernambucanos sob responsabilidade do governo estadual. Além disso, Débora Almeida denunciou até a ausência de macas e equipamentos necessários.

Finalizando, a postulante falou sobre as propostas da sua pré-candidata a governadora Raquel Lyra (PSDB), que apresenta boas propostas para a saúde no estado, dentre estas a implantação e ampliação de maternidades na capital e no interior.

FALANDO DE AGRONEGÓCIO

Débora, que tem origem na área rural, traz como uma das suas principais bandeiras, a defesa do agronegócio, dos agricultores e produtores do agreste e sertão. Na entrevista, ela falou sobre a necessidade de implantar a tecnologia para que os homens e mulheres do campo possam produzir e receber incentivos para isso, a partir de empréstimos por entidades financeiras, respeitando a capacidade de pagamento de cada empreendedor. Ela citou o sucateamento de órgãos como o IPA e ADAGRO, que já não cumprem integralmente sua finalidade.


ASSISTA ENTREVISTA COMPLETA ABAIXO:

https://www.facebook.com/tvdiariodouna/videos/848122356577015/?extid=CL-UNK-UNK-UNK-AN_GK0T-GK1C&ref=sharing


0 comentário