top of page

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

Banner_site_novos_planos.png
GOV_0040_24_INFORMES-REGULARES-JUNHO_RMR_728X90 (1).gif
Cabeçalho Blog Marcelo Jorge Okay.jpg

Em entrevista exclusiva à Rádio Marano, Governadora e Vice falam sobre investimentos, duplicação, FIG e Maternidade para Garanhuns

A entrevista foi concedida ao radialista Júnior Paulino na tarde desta quarta-feira (27) no Palácio do Campo das Princesas e levada ao ar ao vivo pela emissora de Garanhuns, com a presença da vice-governadora Priscila Krause. Raquel fez um balanço do primeiro ano da sua gestão e desafios para o futuro

Há poucos dias do final de 2023, ano no qual os governos estaduais assumiram seus compromissos e grande parte dele – inclusive Pernambuco – ainda sob dotação orçamentária planejada pelas gestões anteriores, a Governadora de Pernambuco Raquel Lyra e sua vice, Priscila Krause, concederam uma entrevista exclusiva à Rádio Marano FM, de Garanhuns.


Segundo a gestora estadual, Pernambuco encontrava-se, ao contrário do que disseram os antigos governantes, com muitas dificuldades e imprecisões.

O estado foi assumido, ainda de acordo com Lyra, com um débito de R$ 350 milhões e já neste primeiro ano foram pago 1 bilhão e 600 milhões, deixados pela gestão Paulo Câmara. Outra medida que ajudou a gestão foi o que Raquel denominou de ‘corte na própria carne’, com a redução de despesas e pessoal e a captação de recursos em grandes instituições financeiras, com aval do Governo Federal.

Presente também à entrevista, a vice-governadora Priscila Krause (Cidadania), que quando integrou o Legislativo Estadual foi forte defensora da austeridade com as contas públicas, enfatizou a economia realizada, cortando o que ela chamou de ‘gastos desnecessários’. Krause detalhou a implantação do ‘Programa de Qualidade de Gastos do Governo de Pernambuco da Gestão Raquel Lyra’. O objetivo do Programa, segundo ela, foi racionar os gastos públicos de Pernambuco para a otimização na utilização dos recursos. A ideia vem sendo o corte de gastos não obrigatórios como consultorias, além de produtos e serviços considerados desnecessários, o que trouxe uma economia de R$ 600 milhões. Ainda de acordo com Priscila, no entanto, não foram cortadas despesas imprescindíveis como investimentos na saúde e educação nem em outras áreas consideradas primordiais. A captação de mais de 1 bilhão e 100 milhões de reais para investimentos na Compesa, foi também enfatizada pela vice-governadora, mostrando que o Governo vem priorizando a economia e o reinvestimento nas ações, o que proporcionou a continuação de obras paralisadas e o início de novas obras . 


Na mesma linha, a Governadora Raquel Lyra fez um balanço de uma série de obras, algumas retomadas e outras iniciadas por seu Governo.


FIG, DUPLICAÇÃO E MATERNIDADE EM GARANHUNS 


FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS 2024 - Inquirida por Júnior Paulino acerca das polêmicas que envolveram o Festival de Inverno de Garanhuns em 2023, após declarações do Prefeito Sivaldo Albino (PSB) de que o município que governa se responsabilizará integralmente pela realização do evento, a gestora estadual foi taxativa: Eu aposto sempre na conciliação, desde o primeiro momento e nesse reafirmo a disposição do Governo de poder fazer a realização do evento. Espero que possamos construir essa forma conjuntamente e o FIG possa cumprir o seu papel que sempre foi de uma cidade tão bonita, com seu microclima super-especial que eu frequentei particularmente a minha vida inteira desde a adolescência, e possamos vivenciar mais um bonito Festival de Inverno em 2024!


DUPLICAÇÃO DA BR- 423 -  Em relação à tão esperada duplicação do trecho da Rodovia BR-423, entre os municípios de São Caetano e Garanhuns que foi inclusa nas obras do PAC, Raquel Lyra que foi convidada pelo Presidente Lula para cerimônia de assinatura da Ordem de Serviço da Obra realizada em Brasília, frisou que a obra encontra-se neste momento na etapa de estudo de compensação ambiental. Nessa etapa discute-se como ocorrerá o processo de reflorestamento do itinerário da rodovia a ser impactado. Após essa etapa, o IBAMA terá a responsabilidade de autorizar o início da obra. Aos ouvintes da Marano FM, a Governadora salientou que espera que o início e conclusão do segundo trecho da obra, que compreende os municípios de Lajedo à Garanhuns sejam efetivadas de forma célere.

NOVA MATERNIDADE EM GARANHUNS - Durante a sua campanha eleitoral, Raquel e Priscila se comprometeram com a criação de novas maternidades em várias partes do estado. A governadora esclareceu que durante este primeiro ano, após encontrar os hospitais regionais em precárias condições, foi buscar investimentos para restaurar estas unidades,  o que já vem sendo realizado. Em relação ao Hospital Regional Dom Moura em Garanhuns e outras unidades similares no Estado, a gestora garantiu já dispor de 600 milhões para o trabalho desta recuperação. Para cumprimento das bandeiras de campanha, Raquel disse que entregará cinco (05) novas maternidades inclusive com a primeira entrega prevista para ser entregue já em Março do novo ano. Em relação à Maternidade de Garanhuns, a fase atual é da escolha de um terreno, com a viabilidade específica para a edificação da unidade.


Fotos: Ricardo Stuckert/ Marcos Moura/ Junior Paulino/ Divulgação

       


0 comentário

Komentáře


bottom of page