https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
top of page

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

Banner_site_novos_planos.png
GOV_0040_24_INFORMES-REGULARES-MAIO-ASSISTENCIA-SOCIAL-728X90 (5).gif
Cabeçalho Blog Marcelo Jorge Okay.jpg

Em vídeo, Sivaldo sugere domínio do FIG, 'ataca' Governo do Estado e tenta apequenar governadora

Antes mesmo da finalização do Festival de Inverno de Garanhuns, período no qual deve-se fazer um balanço das ações desta edição para futuros redirecionamentos do evento, o Prefeito de Garanhuns usou das redes sociais e com a prerrogativa de ser momentaneamente o detentor o poder, foi taxativo na disposição de "tomar o FIG para sí"

Uma inusitada e polêmica declaração feita, através das mídias sociais, pelo prefeito de Garanhuns Sivaldo Albino (PSB), na noite desta sexta-feira (28), vem repercutindo em vários meios de comunicação locais, regionais de todo o estado e, nas mídiais digitais, em todo o mundo

No vídeo, com cerca de dois minutos (veja abaixo) o gestor socialista objetivamente diz que A partir do próximo ano (2024), nós tomamos a decisão, com a nossa equipe com apoio do deputado federal Felipe Carreras (...) e com muitas outras pessoas que a gente conversou (sic), o FIG a partir de 2024 será realizado diretamente pela Prefeitura Municipal de Garanhuns, para continuar fazendo que o Festival cresça a cada ano e não diminua, como ocorreu este ano.”

Na sua fala, o prefeito ainda minimizou uma futura participação do Governo do Estado no FIG, dizendo que espera ter do mesmo o “apoio” para o evento e que buscará patrocínios na iniciativa privada "E porque não no Governo Federal".

O político citou como "grandioso" a realização do 30o FIG, no ano de 2022, comparando o mesmo ao evento deste ano, mas não explicou para a população que os altos investimentos naquele ano deveram-se a 3 fatores:
  1. A mesma ser uma celebração de maior vulto (30 anos);

  2. De existirem mais recursos disponíveis para a festa, já que os anos de 2020 e 2021 o Festival não aconteceu em razão da pandemia do Covid-19 e os recursos para a Cultura e para o FIG encontravam-se "represados";

  3. E por último, mas não menos importante, por 2022 ser um ano eleitoral, com eleições inclusive para Governador, no qual o evento como o FIG ampliado atrairia maior visibilidade dos eleitores para com os realizadores (Governo do Estado e Municipal);

O deputado do PSB Felipe Carreras, aliado citado por Sivaldo Albino, é conhecido como um parlamentar ligado aos esportes e a realização e produção de eventos em Pernambuco e outros estados.

Tombado como Patrimônio Imaterial, o FIG desde o seu início em 1991, é uma realização do Governo do Estado. Até o momento, o Governo do Estado não se manifestou acerca da proposta do Prefeito sobre os destinos do maior evento artístico cultural das Américas e nem sobre as críticas que apequenam FIG e Governadora.
0 comentário

Comments


bottom of page