https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
CARD GRANJA ALMEIDA MAI2022.png
DUO_BANNER HORIZONTAL.jpg

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

Espólio eleitoral da família Campos e desempenho do PSB em 2022 devem ser focados em Pedro Campos

Segundo o ‘Blog do Jamildo’, Pedro Campos, irmão do prefeito do Recife,ambos filhos do ex-governador Eduardo Campos deve ser uma das opções do PSB no estado para uma vaga na Câmara Federal no ano que vem.
Pedro Campos esteve em Garanhuns no último período eleitoral e foi recebido por prefeitos do Agreste

Recordista de votos nas eleições de 2018, João Campos (PSB), filho mais velho do saudoso Governador Eduardo Campos, vítima fatal de acidente aéreo em plena campanha presidencial, se manteve pouco mais de dois anos na ponte aérea Recife-Brasília como o deputado federal mais bem votado da história de Pernambuco. João, no entanto, se afastou do mandato para concorrer à Prefeitura do Recife em 2020 e bem sucedido na empreitada deixou uma brecha na representação do partido (e da família) na Capital Federal. Porém a selva política não permite brechas ou espaços sem ocupação.

Segundo o blog do jornalista Jamildo (anexo abaixo) colunista do JC, o jovem Pedro Campos, irmão de João, será o pré-candidato da família ao cargo que já pertenceu ao bisavô Miguel, ao pai Eduardo e mais recentemente ao mano no parlamento federal.

Com esta decisão, Pedro que carrega parte do espólio dos Arraes e dos Campos deve conseguir também ser “puxador de votos” e volta a modificar a configuração eleitoral principalmente do interior, no qual alguns prefeitos eleitores e cabos eleitorais de João já buscavam outra alternativa para 2022 com a sua saída estratégica do páreo. Ainda segundo a postagem de Jamildo, João Campos aposta em uma boa performance do irmão nas urnas.


0 comentário