https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
CARD GRANJA ALMEIDA MAI2022.png
DUO_BANNER HORIZONTAL.jpg

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

EXCLUSIVO: Veja foto do filho suspeito de assassinato do pai, Vice-Prefeito de Canhotinho, em 2020

Atualizado: 9 de ago. de 2021

A Polícia Civil vinha investigando o caso desde então e hoje, juntamente com a Polícia Militar efetuaram a prisão do suspeito que não reagiu a chegada das autoridades policiais.
Eric Barbosa (foto) é filho do Vice-Prefeito assassinado, Erinaldo Santos - Foto: Redes Sociais

Após um exaustivo e meticuloso trabalho das Polícias Civil e Militar de Pernambuco, coordenado pelo delegado Helianthus Bezerra, titular da delegacia de Canhotinho, que vinham incansavelmente investigando os pormenores do crime, foi preso na madrugada da última sexta feira (06/8), o acusado pelo homicídio que vitimou o então Vice-Prefeito de Canhotinho, Erinaldo Santos, crime ocorrido em 2020.

De acordo com a Polícia, o autor do crime é familiar próximo da vítima.

Segundo informações da autoridade Policial de Canhotinho, após muitas diligências e testemunhas ouvidas, as investigações culminaram com a prisão do jovem Eric Matheus, de 25 anos, que é FILHO DA VÍTIMA. O crime contra a vida do ex vice prefeito daquele município, ocorreu no dia 13 de Fevereiro de 2020.

Na ocasião, o político, que à época tinha 52 anos e era pré-candidato a prefeito para as eleições daquele ano, foi assassinado a tiros em uma casa de sua propriedade que estava em reforma.

Erinaldo Santos (foto) possuía uma estilo político incisivo e comenta-se suas pretensões em disputar a prefeitura de Canhotinho nas eleições que aconteceram alguns meses após sua morte. A Polícia agora investiga detalhes e motivação do crime que chocou a região à época, em razão da frieza com a qual agiu o(s) assassino(s).

Este foi mais um caso solucionado com excelência, graças ao trabalho conjunto das policias

Civil e Militar de Pernambuco.



0 comentário