• Marcelo Jorge

Garanhuns está entre 14 cidades brasileiras reconhecidas pela União como em situação de emergência

A Defesa Civil Nacional reconheceu a situação de emergência destes municípios brasileiros por conta dos mesmos terem sido atingidos por desastres naturais. Os mesmos terão recursos disponibilizados pelo Governo Federal.
Segundo a prefeitura, Garanhuns teve cerca de 23 milhões de prejuízos com chuvas.

Na Região Norte, o motivo foram as inundações causadas pelas cheias dos rios. Três cidades obtiveram o reconhecimento federal: Careiro da Várzea e Manacapuru, no Amazonas, e Santarém, no Pará.


Já no Sul, os reconhecimentos federais tiveram como causa a estiagem. Estão nessa situação quatro cidades de Santa Catarina: São José do Cedro, São Miguel da Boavista, Saltinho e Tigrinhos.


A estiagem também foi a causa do reconhecimento de situação de emergência em seis cidades do Nordeste. São elas: Ibotirama, Ilhéus e Teofilândia, na Bahia, e Caicó, Itaú e Santa Maria, no Rio Grande do Norte.


Por outro lado, na cidade pernambucana de Garanhuns, o reconhecimento federal teve como motivo as chuvas intensas.

Ao obter o reconhecimento federal, os municípios podem solicitar recursos para ações de resposta e reconstrução. Karine Lopes, diretora de Articulação e Gestão da Defesa Civil Nacional, explica como o repasse pode ser utilizado.


"Os municípios que tiveram reconhecimento federal de situação de emergência podem fazer a solicitação de recursos para as ações de resposta, que compreendem socorro, assistência e restabelecimento de serviços essenciais e também para as ações de recuperação. Os pedidos devem ser encaminhados via S2id, que é a principal plataforma do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil".

O S2iD é o Sistema Integrado de Informações sobre Desastres. A ferramenta pode ser acessada pelo link s2id.mi.gov.br.

Para saber mais, acesse mdr.gov.br

83 visualizações0 comentário