https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
MARCELO JORGE - BANNER SEGURANÇA-728X90PX.png
CARD GRANJA ALMEIDA MAI2022.png

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

Imagens de Bolsonaro no Nordeste destoam de pesquisas que apontam rejeição ao Presidente na região

A visita da comitiva liderada pelo presidente conservador a região nordeste, nesta quarta-feira (09), mostra a abordagem da população nas imagens de centenas de apoiadores em cada agenda realizada.

Em ano eleitoral, no qual busca sua reeleição, o presidente Jair Bolsonaro (PL) iniciou na manhã desta quarta-feira (08) uma verdadeira maratona pelo Nordeste onde participou das entregas de obras da transposição do Rio São Francisco. O chefe do executivo nacional teve agendas no Ceará, em Pernambuco e no Rio Grande do Norte.

Ao lado dos Ministros Gilson Neto e Rogério Marinho, Bolsonaro vibra com receptividade nordestina.

Nos seus discursos, o presidente falou sobre as obras no Nordeste: "A transposição do rio São Francisco, finalmente, já é uma realidade, e estamos levando mais água para o Nordeste. Somente nos estados de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte foram beneficiados 12 milhões de brasileiros em 390 municípios", disse.

Sobre o programa “Auxílio Brasil”, o governo Bolsonaro, por sua vez, ampliou o valor do ticket médio em relação ao que era pago no Bolsa Família, passando o benefício para cerca de R$ 400 e ampliou de 14,6 milhões para 17,6 milhões o número de famílias beneficiadas. O Nordeste corresponde a 47% das famílias atendidas.
Veja abaixo imagens de evento da comitiva oficial no Rio Grande do Norte nesta Quarta-feira (09)

As viagens fizeram parte da consolidação do planejamento que já vem sendo executado desde 2021 com os esforços para concluir obras que se arrastavam a décadas na região, principalmente relacionadas a questão da água, um dos maiores problemas das populações locais e que até então vinha sendo mantida por sucessivos governos com propósitos eleitorais.

0 comentário