https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
CARD GRANJA ALMEIDA MAI2022.png
DUO_BANNER HORIZONTAL.jpg

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

Impasse para aliança entre PT e PSB mantido. Socialistas Pernambucanos aguardam resolução nacional

Depois e reunião com petistas, o presidente do PSB Carlos Siqueira revelou que nenhuma demanda levada por ele foi atendida.
Paulo Câmara aguarda decisão nacional entre PT e PSB (Divulgação)

Após uma reunião na manhã desta segunda-feira (20) com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em São Paulo, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, afirmou que o PT não atendeu a nenhuma das demandas encaminhadas pelo partido para consolidação de aliança entre as duas siglas em 2022.


PSB QUER HADDAD FORA
O PT precisa escolher qual conquista eles querem alcançar nas eleições do ano que vem: se é a Presidência da República, ou se querem disputar os Estados”, criticou Siqueira. “Relação de mão única não é uma boa solução”.

Existiu a expectativa de que o encontro pudesse levar a um avanço em relação ao arranjo eleitoral envolvendo o ex-prefeito Fernando Haddad (PT) e o ex-governador Márcio França (PSB). Ambos pretendem concorrer em 2022 ao governo de São Paulo.


Enquanto isso em Pernambuco, o Governador Paulo Câmara que é vice presidente do PSB e condutor do processo eleitoral local em 2022, pretende divulgar nas próximas semanas o nome do seu pré-candidato ao Governo mas com o impasse nacional essa escolha dependerá também do acordo nacional com o PT para escolha do vice.

0 comentário