https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
CARD GRANJA ALMEIDA OUT2022.png
DUO_BANNER HORIZONTAL.jpg

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

Banner Quinze ate 31Out.jpg
Banner_site_novos_planos.png

INÉDITO: Milhares de manifestantes continuam protestando em todo o país, contra futuro governo do PT

Atualizado: 6 de nov.

Apenas a TV Jovem Pan News, continua mostrando as aglomerações nos mais diversos estados do país que desde o desfecho do segundo turnos das eleições se mantém em frente aos quarteis pedindo intervenção federal
Imagem; Reprodução Jovem Pan News

Permeado por orações, cânticos, clamores, apelos e inúmeras faixas pedindo por transparência nos resultados das eleições, milhares de pessoas permanecem de forma incansável postados em frente a unidades militares em vários estados da federação.

Os participantes desses grupos já não querem ser chamados de ‘bolsonaristas’ e sim de ‘nacionalistas’ e alegam que a preocupação não é apenas com a permanência de um determinado político no poder, mas de um sistema que vem dando certo e reerguendo o país, contra um veho e conhecido sistema que em um passado recente lesou o país, afundando a economia em uma mar de corrupção.

Sem a participação de políticos, mas com uma massiva participação popular composta em sua totalidade por conservadores que apoiam o atual Governo Federal, mas principalmente e de forma mais enfática em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Cuiabá, Salvador, Recife, Maceió, Belo Horizonte, Porto Alegre, Florianópolis e outras capitais, os manifestantes vem mostrando resistência e pedindo algum tipo de providência que possa, ao que parece, reverter o resultado das urnas considerado por eles e por milhões de brasileiros como duvidoso e carente de maiores investigações por tribunais isentos.

Apesar de não serem mostradas ou evidenciadas pelos tradicionais meio de comunicação do país, as imagens estão exaustivamente sendo divulgadas pela Jovem Pan News através dos seus canais abertos e pela internet.

Essas extensas e já duradouras manifestações vem chamando a atenção da comunidade internacional e podem, de algum forma, gerar um debate amplo sobre a legalidade do processo eleitoral mais disputado da história do Brasil.
0 comentário