• Marcelo Jorge

Mais uma vítima do Covid-19: Morre cantor evangélico baiano e pastor, Irmão Lázaro


O artista também desempenhava papel político e atualmente cumpria mandato de Vereador em Salvador e de ter uma passagem no Congresso Nacional, como Deputado Federal.

Entre anônimos e famosos, o terrível vírus que marca este século em toda a terra, continua fazendo vítimas de forma incontrolável e deixando vácuos em todos os setores da vida.


Desta vez, o músico evangélico e parlamentar baiano Irmão Lázaro, 54 anos, foi a mais recente vítima famosa. Atualmente ocupando o cargo de vereador em Salvador, o baiano que já integrou a lendária banda de samba reggae Olodum, responsável por muitos sucessos veiculados nas rádios e nos palcos entre a juventude na década de 1980, após conversão ao evangelho modificou hábitos de vida e passou a usar o talento para louvar a Deus em apresentações por todo o país.


Irmão Lázaro, que também já ocupou uma cadeira na Câmara dos Deputados, estava internado desde o dia 25 de fevereiro em um hospital na cidade baiana de Feira de Santana, a 100 quilômetros da capital baiana. Antes, o artista já havia sido internado em uma unidade de saúde particular em Salvador, mas seu quadro se agravou e os médicos preferiram suspender a transferência devido ao seu estado de saúde delicado, o que aconteceu depois após uma melhora no quadro geral. Irmão Lázaro faleceu na noite desta sexta-feira (19), vítima de complicações da Covid-19.


Um dos mais conhecidos louvores de Lázaro "Eu te amo tanto", tornou também um hino entoado em muitas comunidades cristãos em todo o país (assista abaixo)


Políticos baianos como o prefeito de Salvador Bruno Reis e o ex prefeito ACM Neto lamentaram a morte do cantor. O também cantor Régis Danese escreveu em suas redes sociais “Que triste, triste, triste. Não estou acreditando meu Deus. Oramos tanto, mas a Sua vontade prevaleceu ó Pai, que o Espírito Santo console toda a sua família”, escreveu Danese.

56 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo