MODERNIDADE: Governo de São João implanta novos coletores de lixo e população agradece

Após implantação de novos equipamentos para recolhimento de resíduos, o governo pediu que a população preserve e fiscalize possíveis vandalismos no patrimônio público.

Nenhum teste pode ser melhor para uma gestão do que governar em tempos de dificuldades. Afinal, a eficiência e criatividade de uma administração pública nos momentos de maior tensão, nos quais a população espera que seu líder possa resolver os problemas e tranquilizar os munícipes, fortalece a imagem deste governo e traz segurança para os habitantes.

Esta boa experiência vem sendo acompanhada de perto pelo povo no município de São João, distante 226,5 quilômetros da capital Recife, onde mesmo enfrentando os desafios de ter encontrado uma cidade em situação difícil, fruto de uma gestão anterior desastrada, o prefeito Wilson Lima (PP), não vem tendo tempo para reclamações e desde o primeiro dia de mandato colocou a ‘mão na massa” para resolver situações que para alguns são-joanenses eram consideradas sem solução.

E nesta última quarta-feira (07/7), a Secretaria de Obras daquele simpático município de 22 793 habitantes, deu início a implantação de 20 contêineres – caixas específicas para o recolhimento de lixo - em vários bairros do município. Segundo o Secretário de Obras e Vice-Prefeito Jucélio Marinho, o objetivo desta implantação é o de facilitar a coleta dos resíduos produzidas pela população conservando limpa a cidade e evitando proliferação de moscas, mau-cheiro e outros inconvenientes, já que a os citados depósitos possuem tampas, protegendo inclusive a invasão de animais de pequeno porte ao interior do equipamento.


Na opinião do prefeito Wilson, “Além da auto estima do povo, esta ação soma-se às demais incluídas nos compromissos que fez quando ainda candidato e certamente outras ações estão a caminho” .

O gestor lamentou ter encontrado os contêineres anteriores em mau estado e sem condições de utilização e aproveitou para solicitar à população a conservação e vigilância daqueles equipamentos, inclusive denunciando a Prefeitura possíveis atos de vandalismo praticados contra os mesmos ou outros bens públicos. E complementou: Quanto mais economizamos na compra ou recuperação de equipamentos, mais dinheiro público sobra para ser utilizado em outras área da administração”.


Fotos: ASCOM/São João | Higor Nascimento/Jadson Calado

0 comentário