Oposição e população de São Bento do Una pedem ao MP investigação sobre perda de vacinas da Covid

Eles responsabilizam governo municipal pela falta de conservação dos medicamentos que pode ter ocasionado a perda de mais de 2.800 doses de vacinas, com prejuízo para população.

O fato, que já foi publicado pelo programa Arena BrasilNordeste e também em diversos canais de comunicação em nível nacional, chamou a atenção para a falta de cuidados por parte do guardião da medicação, - o Governo Municipal - no acondicionamento correto das vacinas, que segundo a nota, sofreram com a oscilação de temperatura.

Após a notícia ser veiculada no site G1, a reportagem do Arena BrasilNordeste contactou o prefeito Alexandre Batité (MDB), que se prontificou a acionar a Secretaria Municipal de Saúde para que se pronunciasse sobre o "que realmente aconteceu", o que até a veiculação desta matéria não havia acontecido.

Na edição desta segunda feira (12) do programa Arena BrasilNordeste no YouTube ( https://www.youtube.com/channel/UCJNfwviO9mGVam-Bl16RdvQ ) e no Facebook/Arena Brasilnordeste, a ex prefeita Débora Almeida - PSB, (foto), fala sobre o episódio e também reforça o teor da nota e a gravidade da situação realatada pela Nota e link que vem colhendo assinaturas junto à popualção para posterior envio ao MP.


A NOTA RELATA:


“Diante da situação preocupante em que vive o mundo com a Pandemia, no momento em que o Brasil está como o epicentro da contaminação por Covid-19, com recordes diários de casos confirmados e de mortes, com risco iminente de colapso dos sistemas de saúde, público e privado, tendo nas vacinas a única esperança segura da ciência oferecida à população mundial, a gestão municipal de São Bento do Una tratou com descaso e desatenção, lotes recebidos com 2.800 doses de vacinas da Astrazênica e Coronavac, suspendendo a vacinação durante o feriado da Semana Santa e o final de semana, armazenando e deixando as doses sem nenhum tipo de monitoramento humano, tendo havido nesses dias uma acentuada variação de temperatura, ultrapassando os limites estabelecidos pelos laboratórios fabricantes, sem ter, contudo, ninguém no local do armazenamento durante vários dias que corrigisse o problema, podendo ter perdido todas as 2.800 doses com desperdício das vacinas, do dinheiro público e até de vidas.

Diante deste fato de desrespeito e descaso para com a saúde pública, nós, vereadores e população, assinamos esta presente petição pública, pedindo providências do Ministério Público para que os gestores do município deem explicações sobre o ocorrido e haja a devida responsabilização dos culpados.


Confira o link da nota https://secure.avaaz.org/community_petitions/po/ministerio_publico_federal_e_ministerio_publico_de_providencias_sobre_perda_de_2800_doses_de_vacinas_da_covid19_em_sao_bento_do_unape/?zENuesb


Este blog está aberto à nota oficial da Prefeitura de São bento do Una, com esclarecimento acerca desses episódios

0 comentário