https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
CARD GRANJA ALMEIDA MAI2022.png
DUO_BANNER HORIZONTAL.jpg

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

PEC propondo redução de preço dos combustíveis e gás de cozinha é assinada por FERNANDO RODOLFO

A PEC dos combustíveis permite que o governo abra mão da arrecadação de impostos federais sobre os combustíveis, o que pode significar que a União deixaria de arrecadar aproximadamente R$ 54 bilhões por ano, de acordo com cálculos feitos pelo Ministério da Economia

De autoria do Deputado federal Christino Áureo (Progressistas-RJ) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) apresentada no início do mês de Fevereiro, que permite zerar os impostos sobre os combustíveis e gás em 2022 e 2023 sem aumentar a cobrança de outros tributos, recebeu assinatura e apoio do Deputado Federal pernambucano Fernando Rodolfo (PL).

Segundo o Governo Federal, a medida tem o objetivo de conter a alta dos combustíveis.

A PEC carece de 171 assinaturas dos parlamentares da Câmara Federal. Se passar na Câmara, a proposta ainda precisa ser aprovada no Senado antes de seguir para sanção de Bolsonaro.

Segundo Rodolfo, Tem que ser zerado os impostos sobre os preços da gasolina, do Diesel e do etanol e do gás de cozinha. Só existe uma forma de reduzir os preços desses combustíveis: aprovando essa PEC, fazendo ela virar lei e autorizando os governadores a zerarem a cobrança de ICMS dos combustíveis”

VEJA VIDEO ABAIXO


0 comentário