https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
CARD GRANJA ALMEIDA MAI2022.png
DUO_BANNER HORIZONTAL.jpg

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

Politicamente mais madura, deixando o PT, MARÍLIA ARRAES deve sair maior do que quando ingressou

Atualmente disputada por diversas siglas, que estão de olho no seu nada desprezível capital eleitoral, a neta de Miguel Arraes em cenários distintos chega a liderar as intenções de voto para o Senado e até para Governo do Estado

*Por Marcelo Jorge - Ela ingressou no PT em 2016, oriunda do PSB, legenda na qual iniciou sua vida política como vereadora do Recife em 03 mandatos, partido ao qual deixou também após ruídos internos, à época com o primo e governador Eduardo Campos, curiosamente pelos mesmos motivos que vivencia atualmente – contrariedades da legenda em relação ao seu futuro políticoMarília Arraes deve enfim deixar o PT, mas desta vez de forma altiva.

Em 2018, foi eleita a segunda deputada federal mais votada em Pernambuco, com 193.108 votos, ficando atrás apenas do seu primo, João Campos (PSB).

Mesmo assegurando que em sua nova trajetória seguirá apoiando o ex-presidente Lula, Marília já conversa ‘de igual pra igual’ com figurões do petismo, a exemplo da atual dirigente nacional Gleisi Hofmann, com a qual esteve esta semana e cujos argumentos não conseguiram seduzi-la a manter-se no partido.

As rusgas que vem se acentuando da parlamentar com o Senador Humberto Costa (PT-PE), um dos responsáveis pelo desgaste com a agora quase ex-petista, essas continuarão sendo as principais causas do desembarque de Marilia, o que visivelmente já causa desconforto ao PSB e coloca em cheque os destinos da aliança entre os socialistas e o partido do Lula.

Para onde vai Marília? Aí é outra história e até o dia 1º de Abril – sem mentiras –, data na qual a janela partidária se fechará, impossibilitando aos políticos mudarem de partido para disputarem cargos ainda este ano, Pernambuco saberá seu destino...

0 comentário