https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
CARD GRANJA ALMEIDA MAI2022.png
DUO_BANNER HORIZONTAL.jpg

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

RECURSOS PARA MAGIA DO NATAL: Não houve nenhuma irregularidade de Izaías Régis, afirma MPPE

A decisão do Ministério Público de Pernambuco, após investigações, põe por terra as denúncias vazias de adversários políticos do ex-prefeito de Garanhuns. Ambos os acusadores detém espaço no atual Governo Municipal
Ao lado da saudosa Secretária de Turismo Neile Barros, Izaías criou e conduziu por 08 anos "A Magia do Natal" com a atração de milhares de visitantes a cada no (Foto: Camila Queiroz)

Segundo o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), as denúncias da então vereadora Betânia da Ação Social – atualmente Secretária da Mulher em Garanhuns - e do seu chefe de Gabinete à época e hoje vereador Luizinho Roldão (PSB), não prosperaram.

As denúncias se referiam a supostos aumentos de recursos repassados entre 2014 e 2018 para produção na infraestrutura do evento “A Magia do Natal”, através da Casa do Artesão, o que poderia ser incluído como irregularidade da gestão.

À época, durante os Governos do Prefeito Izaías Régis, o MPPE chegou a abrir um inquérito que iniciou a apuração desse aumento dos valores investidos, que acaso fossem irregulares hipoteticamente poderia ser enquadrado como crime, gerando improbidade administrativa a partir da emissão de notas fiscais frias.

Segundo o Ministério Público através da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania, no entanto, os recursos repassados estiveram dentro da lei. O órgão acatou as justificativas do município, tais como relevância do evento para o turismo do município, além do uso de aditivos.

No caso das denúncias de irregularidades nos gastos edições de 2014 e 2015 o MPPE também optou pelo arquivamento do caso.

Com esta decisão, os inquéritos recebem o devido arquivamento, não sendo portanto mais objeto, nem atualmente nem mesmo futuro, de inquisição ou de nova investigação.


IZAÍAS DE ALMA LAVADA

Nas suas mídias sociais, Izaías Régis celebrou: “A Justiça tarda, mas não falha! o MPPE arquivou o inquérito em que a nossa gestão havia sido acusada, injustamente, de irregularidades com gastos nas edições de 2014, 2015 e 2018 da Magia do Natal, evento criado por nós e sucesso nacional.

Naquele período, a então Vereadora Betânia e seu chefe de gabinete, Luizinho Roldão, incomodados com o sucesso e aprovação da nossa gestão, tentaram manchar a nossa reputação, mesmo que para isso também prejudicassem outras pessoas e o êxito de um evento que trouxe o interesse da mídia nacional para Garanhuns, bem como milhares de turistas.

Em meio às armações criadas, atacaram a minha família (mulher e filha), que tanto se dedicaram para o sucesso do evento, sem nenhuma remuneração para isso.

Atacaram servidores que trabalhavam na execução do evento, bem como os artesãos e artesãs da Casa do Artesão, que de tão corretas, devolviam a cada final de edição, até os centavos restantes aos cofres da Prefeitura, no momento de prestação de contas.

Felizmente a verdade veio à tona e o MP acatou todas as justificativas e nada consta de irregularidades, sobre nossa gestão e nenhuma dessas pessoas.

0 comentário