https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
CARD GRANJA ALMEIDA MAI2022.png
DUO_BANNER HORIZONTAL.jpg

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

SANTO DE CASA: Multidão prestigia inauguração do Comitê de FERNANDO RODOLFO em Garanhuns

Um trecho da Avenida Rui Barbosa, principal via urbana de acesso a cidade foi isolado para o evento que trouxe caravanas de todo o agreste. O parlamentar busca sua reeleição para manutenção da representatividade do agreste em Brasília

Em uma noite marcada pela presença de mais de 1.200 pessoas no espaço preparado para funcionar como Comitê Eleitoral, o Deputado Federal Fernando Rodolfo (PL) foi saudado por populares e lideranças de quase todo o agreste e sertão do estado. O ato ocorreu nesta sexta-feira (02), há exatos 30 dias para a realização do 1º turno das eleições.

Na inauguração do Comitê em Garanhuns, ao lado de Fernando Rodolfo e seu aliado local ex-vereador Zaqueu Naum Lins, foram registradas as presenças do Prefeito de Paranatama, Valmir do Leite (PP), de Brejão Beta Cadengue (PSB) e do seu vice Saulo Maruim; além destes estiveram prestigiando o ato os ex-prefeitos de Brejão, Joseraldo Rodrigues; Capoeiras Dudu; de Correntes Júnior Lúcio; ex-deputado federal e ex-prefeito de Capoeiras, Carlos Batata; o contador Luiz Paulo (Calluxo), este último, possível pré-candidato a Prefeito de Paranatama; vereadores e demais secretários municipais da região, além das lideranças Pastor George, Ruber Neto, Adriano Tenório, Marcelo Jorge, Sthefanny Lins, Joaci Laurindo, Léo Régis e Rangel.

Calluxo (ao centro) é provável pré-candidato a prefeito de Paranatama em 2024

Nos discursos, os prefeitos e lideranças presentes puderam testemunhar o empenho do 'Deputado do Agreste' no direcionamento de recursos através de emendas parlamentares para os municipios.

Fernando narrou a sua trajetória, das dificuldades em fazer política como ele faz, sem compra de votos, mas com coragem e fé. Segundo o parlamentar, mesmo não tendo apoiadores com mandato dentro da sua terra Garanhuns, as pesquisas internas pressupõem que será o federal mais votado em sua cidade. Ele ainda prestou contas de recursos e equipamentos enviados para este município, omitidas no entanto pelo prefeito socialista, a exemplo de um microônibus para ser utilizado no TFD e três ambulâncias para utilização pela população garanhuense.

A HISTÓRIA DO MAIS JOVEM DEPUTADO FEDERAL DE GARANHUNS - De origem humilde, o jornalista Fernando Rodolfo nasceu em Garanhuns e durante sua infância e adolescência estudou em escolas públicas do município. No início da juventude, trabalhou entregando jornais nas ruas enladeiradas da ‘Terra da Garoa’. A pé o de bicicleta, desempenhava sua função ao mesmo tempo em que tomava gosto pela atividade, mantendo contato com a imprensa da cidade, à qual tempos depois passou a integrar.

Com passagens por rádios, portais de notícias, redações de jornais e bancadas de TV, o hoje deputado federal deixou de ser divulgador de notícias para ser ele mesmo, protagonista das reportagens, já como parlamentar federal.

Eleito com 52.824 votos, destes 10.727 foram conquistados em Garanhuns, marca que pretende ampliar para ser majoritário na sua terra natal.

Fernando Rodolfo foi responsável, dentre outras funções na Câmara, para presidir o rumoroso caso do deputado Daniel Silveira, tendo ocupado a relatoria do processo. Essa pauta rendeu inúmeras aparições de Rodolfo na mídia nacional. Além disso, o jornalista-deputado conseguiu ampla simpatia da população brasileira e dos professores quando empunhou a bandeira em defesa do rateio dos precatórios do FUNDEF para esta categoria.

Recentemente, Fernando Rodolfo que na Câmara também é membro da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, que tem atuação firme contra a banditagem, teve uma das sua principais reinvindicações e proposições enfim acatada: Um texto aprovado na Câmara acabou como as saídas temporárias dos detentos - as famosas 'saidinhas' -. A medida visa reduzir a atuação de criminosos que utilizando-se desse artifício, fogem ou voltam a praticar novos delitos. O tema terá que passar pelo Senado para aprovação e sanção.
0 comentário