https://d1uzdx1j6g4d0a.cloudfront.net/players/topo/18/62916?identifier=www.radiobrasilnordeste.com&source=1377
 
MARCELO JORGE - BANNER SEGURANÇA-728X90PX.png
CARD GRANJA ALMEIDA MAI2022.png

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

Setores do segmento avícola no Agreste sinalizam apoio à pré-candidatura de DÉBORA ALMEIDA

Recentemente a ex-gestora saobentense teve uma agenda positiva com alguns empresários de Garanhuns, ligados ao ramo de criação de aves no estado de Pernambuco.

Pré-candidata a deputada estadual e prestes a integrar uma nova legenda, a procuradora federal e ex-prefeita de São Bento do Una Débora Almeida, vem escutando diversas lideranças e população dos agrestes meridional e setentrional, buscando estabelecer uma maior conexão com as demandas locais e construindo alianças regionais.

Filha do empresário avícola e ex-vice prefeito daquele município, José Almeida, fundador da Granja Almeida, Débora, que também participa das decisões da empresa, teve um encontro produtivo recentemente em Garanhuns com os sócios da EPE Produtos Agropecuários, Edival Veras, que também ocupa o cargo de Vice-Presidente da AVIPE e com a Sra. Sabrina. Ela também teve reunião com Frederico Brito e Emanuel Rocha, da Granja Canaã.

Na oportunidade, a discussão se deu em torno da importância do setor avícola em Pernambuco e principalmente na região do Agreste, mercado que é líder em geração de empregos e alimentos.

Na opinião de Débora,

“Foi uma conversa bastante enriquecedora e ainda pudemos conhecer um pouco das instalações da EPE! Foi um prazer poder conversar com estes amigos!”

Em Pernambuco a avicultura emprega mais de 150 mil pessoas. É emprego e renda gerado para milhares de famílias.

Além de levar alimentos de qualidade e que fazem bem a saúde das pessoas.

Segundo dados da Associação Brasileira de Proteína Animal – ABPA, em seu relatório anual, o estado de Pernambuco tem 7,29% do plantel da produção de aves de postura do Brasil. Ficando em quarto lugar na produção nacional em postura. Já no frango de corte, tem 1,10% do plantel de aves nacional. Ficando em sétimo no ranking nacional. (Informações Site AVIPE)

0 comentário