• Marcelo Jorge

"Turismo no Brasil tem mesmo potencial do agronegócio para ser motor da economia' diz Gilson Neto

Para o Ministro do Turismo esta é a grande oportunidade do mundo olhar para o Brasil e investir no setor que vem em crescente mesmo durante a pandemia.

A edição desta sexta feira (25) dia de Natal do programa ‘Pingos nos Is’, transmitido pela emissora Jovem Pan, através do seu aplicativo e mídias sociais, teve a participação do recém empossado Ministro do Turismo, o pernambucano Gilson Machado Neto. Com ancoragem de Marcelo Matos, o ex presidente da Embratur foi sabatinado pelos jornalistas Augusto Nunes, José Maria Trindade, Guilherme Fiuza e Ana Paula Henkel sobre as perspectivas para o turismo no país em meio a maior crise pandêmica, jamais vivenciada pelo mundo.


Gilson Neto, de forma otimista, apresentou números positivos do Governo Bolsonaro no setor, que inclui o reconhecimento internacional do turismo no Brasil, através de premiações e detalhou o imenso potencial deste país nas mais diversas modalidades do turismo, em razão das amplitude territorial e riqueza ambiental, fatores diferenciados que chamam a atenção dos visitantes internacionais.


Mais uma vez, o ministro foi enfático no seu apelo aos governantes estaduais e municipais que não recorram a um novo lockdowm, um fechamento de empresas e negócios que teria um potencial devastador em uma economia que começa a ser reerguida e que já vem dando sinais claros de recuperação. Como exemplo, o gestor nacional da pasta do turismo destacou que conseguir uma acomodação neste próximo mês de janeiro de 2021 em algumas localidades do nordeste, já se tornou difícil para o turista e acrescentou que essa retomada de forma segura e planejada em nada cria riscos ao possível aumento dos casos de covid-19 já que todos os protocolos de saúde vem sendo adotados e fiscalizados pelos próprios trades em cada região.

Gilson destacou ainda que o turismo no Brasil ‘tem o mesmo potencial do agronegócio para ser o motor da economia’, lembrando que nenhum outro pais tem a quantidade de biomas que o Brasil tem, com a chamada ‘Amazônia azul’, com mais de 8 mil quilômetros de costa, ‘com a capilaridade hídrica de mais de 37 mil quilômetros de rios e de margens de lagoas’, garantindo que em parceria com secretarias e demais ministérios e com anuência do governo Bolsonaro, o turismo fará uma verdadeira transformação no país.


Na opinião do Ministro, a infraestrutura turística brasileira está pronta para receber bem o visitante e o que falta, com o futuro arrefecimento da pandemia, será feito: uma ampla divulgação internacional, que irá gerar uma maior visibilidade do potencial turístico do Brasil ao mundo.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo