• Marcelo Jorge

Vítimado por um câncer, morre Prefeito de São Paulo, Bruno Covas

O gestor vinha cumprindo um tratamento rigoroso desde 2019, quando foi diagnosticado com o mal e há alguns dias teve que se afastar da prefeitura para uma necessária internação.

Com apenas 41 anos de idade, vítima de um câncer ao qual vinha tentando combater, faleceu na manhã deste domingo (16), o prefeito de São Paulo, Bruno Covas. Covas deixa um filho, Tomás Covas, de 15 anos, e os pais, Pedro Lopes e Renata Covas Lopes.


Em 2019, ele foi diagnosticado com câncer inicialmente na cárdia (região entre o esôfago e o estômago) que se espalhou também para o fígado e os gânglios linfáticos. O tratamento fez com que parte dos tumores diminuíssem, mas em abril deste ano, exames detectaram novos focos da doença no fígado, nos ossos da coluna e da bacia.

Para se dedicar ao tratamento, Covas se licenciou oficialmente do cargo de prefeito de São Paulo em 3 de maio.

Na última sexta-feira, o prefeito teve um agravo em seu quadro clínico que passou a ser considerado como irreversível pela equipe médica do hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde estava internado desde o dia 2 maio.

7 visualizações0 comentário