top of page

É permitida a transcrição total ou parcial das matérias deste blog, DESDE QUE CITADA A FONTE

Banner_site_novos_planos.png
GOV_0040_24_INFORMES-REGULARES-JUNHO_RMR_728X90 (1).gif
Cabeçalho Blog Marcelo Jorge Okay.jpg

VIOLÊNCIA NÃO TEM LIMITES: Juiz assassinado na região metropolitana do Recife

O juiz Paulo Torres Pereira da Silva, de 69 anos, foi morto na noite desta quinta-feira (19) em uma ação que envolveu diversos criminosos. O crime aconteceu em Jaboatão dos Guararapes, na região metropolitana de Recife

O assassinato vem repercutindo de forma rápida em todo o país. A morte do magistrado foi lamentada pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJ-PE), Ministério Público de Pernambuco (MP-PE) e pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luís Roberto Barroso.

Segundo a primeiras informações, o juiz, conhecido entre os amigos como Paulão, atuava na 21ª Vara Cível da capital pernambucana e tinha 34 na função,. Além disso, o magistrado também já havia atuado como desembargador substituto.

O TJ-PE disse que “Entrou em contato com as autoridades policiais” do estado e que prestará todo o apoio necessário para que o caso seja elucidado rapidamente, com identificação e responsabilização dos criminosos.

O presidente do TJ-PE, Saulo Moreira, disse à CNN que vai acompanhar as investigações de perto, esperando que os culpados sejam encontrados e responsabilizados.

Em nota, o Ministro Barroso chamou o assassinato de “covarde”. Ele também disse que já entrou em contato com o presidente do TJ-PE, cobrando celeridade nas investigações e resolução do caso para punição dos culpados. “O Conselho Nacional de Justiça [CNJ] acompanhará os desdobramentos para garantir que a Justiça seja feita. Em nome do Poder Judiciário, presto solidariedade à família e aos amigos”, escreveu.

O Ministério Público do estado também se solidarizou aos familiares em nota.


0 comentário

Comments


bottom of page