• Marcelo Jorge

GARANHUNS - Ministério Público avaliza e prefeito Izaías permite feiras livres. Restrições continuam

Após entendimento com o Ministério Público, na tarde desta segunda feira (30/03) as feiras livres que estavam impedidas de funcionar por causa da disseminação do vírus chinês, retornam às atividades.

O Vírus Chinês vem modificando hábitos da população em todo o mundo. O mercado global já sente o choque e a derrocada econômica vem sendo apregoada pelos economistas. No Brasil e mais especificamente no interior da região nordeste, onde as dificuldades financeiras já vinham sendo intensificadas em razão de crises anteriores, fenômenos climáticos e insuficiência de investimentos governamentais em repetidas gestões, causando demissões e preocupação, tornou ainda mais evidente o terror causado pela inatividade da mão de obra, fruto da necessária quarentena imposta pelos órgãos de saúde e de segurança.


GARANHUNS


Entre as atividades mais atingidas pela crise estão os pequenos comércios, que geram emprego e renda exatamente para a maior parte da população mais carente. Em Garanhuns, agreste de Pernambuco, município com população pouco maior que 140 mil habitantes, por exemplo, a situação não difere do restante do país: comércio paralisado, ruas quase vazias, população assustada e confinada e alguns produtos alimentícios já rareando nos poucos estabelecimentos comerciais autorizados a permanecerem abertos.

Mas na tarde desta segunda (30), os feirantes que trabalham em espaços públicos nos quais são adquiridos a maior parte dos gêneros alimentícios, em sua maioria produzidos na zona rural, que também foram paralisadas pelo temor da disseminação do Covid-19, receberam aliviadas a notícia que devem voltar a funcionar. Ficou decidido, em reunião realizada entre o Executivo Municipal e o procurador-geral de Justiça do Ministério Público de Pernambuco, Francisco Dirceu Barros, que de forma disciplinada, as feiras livres municipais voltem a funcionar já a partir desta quinta feira (02/04).


Os ambientes portanto deverão estar adequados às normas que impeçam a proliferação da peste chinesa.


Segundo o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB), em comunicado divulgado em um vídeo publicado nas mídias sociais oficiais “Hoje, após conversa com o Procurador-Geral de Justiça, Dr. Francisco Dirceu, diante do aval dele, comunicamos que teremos a volta da realização das feiras livres. Os feirantes vão ter que se adequar ao novo formato, que inclui distância segura de uma barraca para a outra, estender horário para evitar aglomeração e claro, manter as medidas de higiene já conhecidas por todos para prevenir a transmissão do Coronavírus”.


O retorno das atividades já está programado para esta quinta feira (02/04), com a realização da tradicional feira da Oliveira Lima, no Bairro de Heliópolis. Já o Mercado Público 18 de Agosto, atenderá ao público nas sextas e sábados comercializando carnes. Estão assegurados também o funcionamento da feira da Ceaga e da atividade similar no bairro da Boa Vista, próxima ao ‘Pirulito’ ambas aos sábados. Programada para os domingos, a população terá o retorno das feiras no Magano, da Rua Cecília Rodrigues, uma das transversais da Avenida Duque de Caxias e na Cohab III, bem como no distrito de Miracica.


Com informações e foto do Blog do Carlos Eugênio

0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por MarceloJorge News - 24hs